• Facebook - Black Circle
Buscar

Por que não consigo fidelizar meus clientes?

Atualizado: 15 de Fev de 2019


Uma questão que sempre tem chegado à nós são as dificuldades das empresas de manter um cliente por muito tempo.



Muitas estratégias de marketing estão focadas em atrair clientes, mas se esquecem de que é mais barato manter um cliente do que conseguir um novo. Por isso elaboramos essa lista com 12 dicas simples - mas significativas - para fidelizar seus clientes.

1. Lembre-se do aniversário do seu cliente. Mandar um presente no aniversário do cliente é uma boa estratégia de fidelização. Não precisa ser algo caro, mas sim que demonstre interesse genuíno.


2. Criar métodos para conhecer mais a fundo os seus clientes. O estudo de público é bastante importante, pois nem sempre o que dá certo em um segmento, dará certo em outro.


3. Interagir com os atuais e potenciais clientes nas redes sociais. Não se trata de “mais uma opção” de publicidade quando temos mais de 130 milhões de usuários ativos de redes sociais no Brasil.


4. Agradecer os usuários pelas visitas e sempre oferecer um “obrigado pela visita” ou “obrigado pela preferência”. Faça com que seu público se sinta importante para você! Tornar essa relação pessoal pode ser um divisor de águas.


5. Pedir recomendações. Uma opção é oferecer recompensas por recomendação. Essa estratégia foi muito bem utilizada pelo Uber e pode ser usada para vários segmentos de negócio. As provas sociais, como essa, fazem com que seus clientes te olhem como alguém de autoridade no assunto.


6. Incentivar os clientes a se conectarem em redes sociais. Nas redes sociais, os clientes podem mostrar várias informações úteis. Assim pode conhecê-los melhor, como também eles podem te conhecer melhor.


7. Produzir experiências personalizadas para conhecer melhor os clientes, com o intuito de saber o que realmente estão buscando. Um pequeno questionário após a contratação pode permitir que o seu serviço ou produto seja facilmente adaptado para cada cliente.


8. Criar ofertas diferentes por segmentos de clientes. Pode ser prejudicial criar ofertas apenas para novos clientes sem oferecê-la para clientes antigos. As ofertas e promoções por segmentos de negócio podem ser mais justas e eficientes.


9. Criar eventos offline. Eventos e ações offline criam mais interações online e vice-versa. Não devem ser ações para vender produtos ou serviços, devem ser eventos que agreguem valor aos clientes, onde poderão sentir a experiência da sua marca pessoalmente.


10. Utilizar conteúdos criados pelos usuários. O marketing de conteúdo não pode ser restringido ao material produzido dentro da empresa, seria um grande desperdício ignorar toda a informação fornecida pelos clientes. Certamente os usuários desejam o melhor serviço possível, muitos deles gostam de oferecer feedback, fazer críticas construtivas e até colaborar com conteúdo.

Obs: O ideal é facilitar e incentivar essa comunicação, a “caixa de sugestões” deve estar sempre visível.


11. Para se destacar e se manter presente no cotidiano dos clientes, surpreenda-os. Enviar uma carta escrita à mão, pelo responsável da empresa, para seus principais clientes pode ser uma ótima forma de cativá-los. Ou até mesmo uma cortesia além do que foi contrato do seu serviço/produto.


12. Desenvolver conteúdos em vídeos. O vídeo é a forma de comunicação que mais está crescendo nas redes sociais. O ideal é criar, no mínimo, um vídeo por mês para seus clientes e potenciais clientes, com informações úteis e práticas.

Que tal escolher 3 dessas dicas para aplicá-las ainda nesse ano?

A Think trabalha intensamente com empresas que desejam aproveitar ao máximo de todos esses aspectos, divulgando da melhor forma possível aquilo que elas têm de melhor.



Caso tenha gostado desse artigo é permitida a reprodução desse artigo em parte ou no todo, mas com a devida citação da fonte, assim como seu compartilhamento nas redes sociais.